INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NO AGRONEGÓCIO

INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NO AGRONEGÓCIO

No dia 25 de abril de 1953 foi compartilhada uma descoberta que mudaria os rumos da ciência e da humanidade. A revista Nature publicou um estudo sobre a estrutura de dupla hélice da molécula de DNA. A Agência Unesp de Inovação aproveitou o mês de abril, em que se comemora o aniversário dessa publicação tão importante e no qual pesquisadores de diferentes idades demonstram toda a sua força para enfrentar os problemas, e traz essa conexão com o DNA para apresentar a Quanticum, empresa filha da UNESP que pesquisa o DNA dos solos para apoiar produtores agrícolas, reunindo em sua trajetória pesquisadores e visionários de diferentes gerações.

Renan Gravena, Diretor Executivo da Quanticum, destaca: “Em todos os anos em que me dediquei às pesquisas sobre empresas que atuam na área Agro, observei que não havia nada de muito novo sendo criado para apoiar o segmento de Agricultura de Precisão. A maioria das empresas trabalha com a análise da fertilidade do solo utilizando o apoio de imagens, satélites, micro satélites, softwares e plataformas de gestão. Porém, a ideia da Quanticum de qualificar as argilas do solo e oferecer informações estratégicas aos produtores não está sendo feita em nenhum outro local do mundo, é algo verdadeiramente disruptivo e que vai auxiliar na criação de muitas outras inovações, abrindo portas ainda inexploradas”.

A empresa é pioneira na utilização comercial da identificação e do mapeamento dos minerais presentes nos diferentes tipos de solos tropicais do país, o que possibilita compreender as características agronômicas e ambientais das terras, impactando diretamente na produtividade dos cultivos agrícolas. A empresa também está cadastrada em um programa de pontuação de grandes multinacionais que atuam no segmento Agro. Esse programa permite aos clientes que realizam a compra de um produto e acumulam pontos, trocarem pontos por serviços prestados pela startup. 

Quanticum foi selecionada para a terceira fase do Open Innovation Soja 2020. Empresa irá avançar com a negociação de acordos de cooperação técnica com a Embrapa Soja. Além disso a empresa foi contemplada no Programa PIPE (Pesquisa Inovativa em Pequena Empresa) da Fapesp, para realizar estudos ainda mais inovadores e promissores. Gustavo Pollo, Direto de Operações da Quanticum, explica que a pesquisa que será desenvolvida com esse recurso visa identificar, por meio dos mapeamentos do DNA do solo, se existem diferenciações na qualidade dos cafés colhidos no caso de os minerais de cada terra serem diferentes, e quais são as melhores áreas para colher e plantar os grãos que ofereçam bebidas com maior valor agregado.

Confira a história da empresa e o depoimento de pesquisadores de diferentes gerações da UNESP na matéria completa disponível no link < https://bit.ly/3eLSbd2 >.

Você também pode assistir ao vídeo com depoimentos e relatos da Quanticum e pesquisadores apresentado pela Agência UNESP de Inovação no link < https://youtu.be/XPsgwQMVS3c >.

Deixe uma resposta